Início >> Noticia >> Alunos do Pro Paz participam de oficina sobre poesia visual
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Alunos do Pro Paz participam de oficina sobre poesia visual

terça-feira, 26 Junho, 2018
Vinte alunos do Polo Pro Paz nos Bairros, que funciona na Universidade Federal do Pará (UFPA), participaram de uma oficina sobre Poesia Visual, na Casa da Linguagem, vinculada à Fundação Cultural do Pará (FCP). A oficina, encerrada nesta terça-feira (26), foi ministrada durante uma semana pela professora e artista visual Danielle Fonseca.
 
"Estou muito feliz em oferecer esta oficina para as crianças. Eles se mostraram interessados e dispostos a mergulhar no universo da poesia visual, que é excelente, principalmente para os adolescentes e jovens, pois  está ligada à leitura, à música, ao ritmo, e por ser uma das poesias mais dinâmicas, que ajuda a desenvolver várias percepções", disse a professora.
 
A poesia visual, que começou na década de 1950 com o movimento concretista, não é muito conhecida no Brasil, mas se tornou importante por exercitar as palavras, formas, ritmos, o que exige muita leitura. "Os nossos alunos desenvolvem atividades complementares que contribuem para a autogestão e percepção enquanto indivíduos, que precisam respeitar as pessoas. Nós ampliamos o universo dessas crianças por meio das atividades poliesportivas e artísticas que desenvolvemos no polo, bem como a leitura. Esta oficina vem somar ao trabalho que desenvolvemos. Eles já têm uma base de música, e fazer poesia requer sensibilidade e ajuda no desenvolvimento das crianças", destacou Luci Azevedo, coordenadora do Pro Paz nos Bairros.
 
Descobertas - Para alguns alunos, a oficina proporcionou um primeiro encontro com a poesia e a descoberta de talentos. "Aprendi muitas coisas, a falar melhor, desenhar palavras com objetos, transformar em poesia. É meu primeiro contato com poesia, e despertou meu interesse. Achei muito legal", disse Renata Souza, 12 anos.
 
Mikeias de Souza, 12 anos, ressaltou a importância da poesia para o desenvolvimento social das pessoas. "Achei muito importante participar da oficina, pois as pessoas aprendem a se destacar. Eu percebi que desenvolvemos muitas habilidades, e isso vai me ajudar em outros aspectos da vida, e até profissionalmente", afirmou o aluno.
 
A oficina faz parte das atividades desenvolvidas pela Fundação Pro Paz, por meio do Pro Paz nos Bairros, que além de desenvolver atividades poliesportivas, artísticas e leituras nos polos, promove a integração e socialização dos alunos em outros ambientes, permitindo acesso a novos conhecimentos, que se somam ao que aprendem no turno complementar à escola.
 
Por Emanuele Corrêa